Desdobramentos da Conferência Munipal de Cultura


Continuando o relato acerca dos caminhos da cultura lageana.
Depois da Conferência Estadual de Cultura fizemos outra reunião da comissão provisória na qual houve um “feedback” sobre as discussões na conferência estadual. Lages cumpriu o compromisso de eleger seu único conselheiro para ser um dos representantes de Santa Catarina na Conferência Nacional de Cultura que ocorre agora em março. O movimento ganhou força, cresceu em número de participantes e representatividade, e em dezembro convocamos para a reunião representantes do poder público: Fundação Cultural, Procuradoria do município e Câmara de Vereadores. Solicitamos um posicionamento sobre o tema e a discussão dos caminhos e desdobramentos jurídicos para constituir o Conselho Municipal de Cultura.
Houve a unânime manifestação de apoio ao movimento e esclarecimentos gerais sobre o trâmite burocrático e suas implicações políticas, facilitadoras ou não do processo. Por fim,  ficou decidido que a comissão provisória iria eleger representantes setoriais para discutir a lei, acompanhado pela câmara de vereadores e pelo executivo. 
Janeiro seria a data da nova reunião da comissão.     

Comente