Oficinas de Revitalização do Artesanato Cultural


  047   

A parceria entre Associação Matakiterani e custeado pela Caixa Econômica Federal, tornou possível o sonho de inúmeras pessoas, oportunizando em torno de 15 mulheres para que ocupem seu tempo, desenvolvam suas habilidades com bordados e crochê, aprendam e dividam conhecimento. O Projeto de Revitalização do Artesanato de Referência Cultural iniciou suas atividades em 2012 e seu término está previsto para 2014.As oficinas acontecem toda semana no CEIM Caroba, a Associação disponibiliza o material para confecção de chaveiros, toalhas, almofadas e guardanapos de tecido.

O projeto tem como Coordenação Geral a Articuladora Comunitária Daniela Carneiro, tem como Gestores Adilson Freitas e Gilson Máximo de Oliveira.

“A ideia é de valorizar a nossa cultura, buscamos no saber das pessoas (avós, Bisavós), disse Daniela. Antigamente o saco do mantimento, era o tecido utilizado,” finalizou.

A articuladora contou ainda que no passado o que sobrava eram os tecidos de saco, uma das poucas opções, mas hoje até a garrafa pet é uma boa opção para se tornar um item utilitário e de embelezamento dos espaços, se transformando em um abajur.

Daniela lembrou que a Associação está preocupada em profissionalizar essas mulheres, contribuir na renda familiar, ocupar mais o tempo delas, além é claro do resgate e do registro da cultura por meio de histórias de cada pessoa e a difusão da cultura local. O material utilizado tem sua história local, merecem destaque produtos com fibras naturais, como transados de taquara.

Os proponentes contribuíram no desenvolvimento das técnicas básicas de artesanato, e hoje a produção artesanal já pode ser encarada como uma pequena linha de produção em processo de crescimento.

Comente