Recomenda 04/10 – Cedro


Era um domigo ensolarado, raridade por esses meses, que estávamos no carreiro Bossoroca/Cedro. Desmontamos o cenário cedinho, depois de dar um “adeus de mão pegada” ao Sr. Celso de Melo, nosso anfitrião na Bossoroca, posamos na sua residência, muito bem adaptada para receber hóspedes ocasionais. Na sáida o Grillo Seco ainda afinou uma vilola do pai do Valdemir, que cuida do salão na Bossoroca, tocamos umas modas e pegamos a estrada.
Almoçamos na casa da Lilian e do Neuto, bóia loca de boa, e fomos para o salão. No caminho decidimos experimentar apresentar a recomenda sem cenário. É caminho natural para nós, considerando o caráter popular do rito e a nossa estética do teatro agrário.
Pois bem, de noite cerca de 30 pessoas acompanharam a primeira apresentação da recomenda sem cenário. Foi bem divertido fazer o espetáculo e o feedback foi a contento. Essa configuração mais enxuta de estrutura poderá circular mais em locais de nosso interesse, comunidades que tenham salão com pé direito interior a três metros. No mais, agradecimentos à Lilian, Neuto, aos filhos, a prefeitura local, e principalmente ao pessoal que prestigiou a apresentação.
Em novembro tem mais.

Comente