Gralha Azul II


O que dizer desse bicho? Segundo a tradi√ß√£o popular √© a grande respons√°vel pelo repovoamento da arauc√°ria. Ela enterra os pinh√Ķes na fian√ßa de com√™-los mais tarde, e acaba por esquecer o local propiciando o surgimento de um novo pinheiro.
Na realidade mais que a gralha, a cotia faz o replantio da árvore, só não leva a fama. Os bandos de gralha são mais vistos no começo da manhã ou no fim da tarde, e aqui na cidade eles batem quando acaba o pinhão no mato.
Uma imagem poética muito retratada pelos artistas locais é o pinheiro com seus galhos apontados para o céu acolherem a gralha azul como uma mãe acalenta um filho.

Deixe um coment√°rio

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *